Conferência Latino-Americana da Cáritas define plano de trabalho para os próximos quatro anos - Bem Vindo !

Conferência Latino-Americana da Cáritas define plano de trabalho para os próximos quatro anos

caritas_america_latinaEntre os dias 18 e 21, aconteceu a Conferência Latino Americana da Cáritas, em Lima, Peru. O evento teve por objetivo aprovar o plano de trabalho da entidade para o período de 2011-2015.

Os trabalhos da Conferência foram de construção coletiva permeados por um clima de cooperação entre os participantes. “Foi um momento importante no sentido de melhor estruturar o trabalho na região (América Latina) para os próximos quatro anos”, destacou a diretora executiva nacional da Cáritas Brasileira, Maria Cristina dos Anjos.
Ainda conforme Maria Cristina, estratégias importantes para o quadriênio 2011-2015 foram definidas durante o encontro. Entre elas estão a maior articulação das ações de emergências na região, a realização de campanhas conjuntas com temas relacionados à pobreza, violência e a participação, também conjunta, na Rio + 20, da Conferência das Nações Unidas em Desenvolvimento Sustentável.
caritas_america_latina2Além dos bispos presidentes das Cáritas/Pastorais Sociais e dos diretores nacionais, também participaram do evento os responsáveis pela área administrativa e financeira de cada país. Organizada pela Cáritas Internacional, a Oficina de Fortalecimento Institucional e Transparência reuniu estes representantes para socialização, troca de experiências e debate de estratégias para a área.
Também participaram da Conferência Regional Extraordinária da Cáritas da América Latina e Caribe, o novo secretário geral da Cáritas Internacional, Michel Roy e dois de seus assessores, Martina Liebsch e Jacob Winter. Monsenhor Pedro Barreto, presidente do Departamento de Justiça e Solidariedade do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), e o padre Pedro Hughs, novo secretário executivo deste departamento, também estiveram presentes. “A presença deles reafirma o desejo das duas instituições, Celam e SELACC (Secretariado Latinoamericano e Caribenho de Cáritas), de realizar, no futuro, um trabalho mais articulado”, observou Maria Cristina.
Segundo ela, para o próximo quadriênio (2011-2015) foram firmados quatro Eixos Pastorais e um Eixo Transversal.

Eixos Pastorais
1. A vida institucional
a. Identidade, missão e espiritualidade
b. Princípios, valores, critérios de ações gerais
c. Comunhão Eclesial e Social
d. Formação permanente e desenvolvimento de capacidades
e. Organização da região, do SELACC e das organizações membro
2. Emergência e Cuidados da Criação
a. Preparação comunitária, resposta e acompanhamento das emergências
b. Conscientização ecológica e responsabilidade solidária
c. Prevenção e cuidados com o meio ambiente
3. Desenvolvimento Humano e Solidariedade Integral
a. Promoção da Economia Solidária
b. Economia Popular
c. Democracia participativa e participação cidadã
d. Redes e sociedade civil. Participação no Fórum Social Mundial
e. Segurança e soberania alimentar
f. O direito ao desenvolvimento. Desenvolvimento local e territorial. Integração das Nações e destas com o mundo
4. Dignidade, Direitos Humanos e Paz
a. Direitos econômicos, sociais, culturais e ambientais
b. Migração e tráfico de pessoas
c. Direitos Humanos (DDHH), eixo transversal da Pastoral Social – Cáritas
d. Construção da paz
e. Equidade entre homens e mulheres
f. Grupos em situação de vulnerabilidade


Eixo transversal
a. Equidade entre homens e mulheres
i. Objetivo Geral: A Caritas, sob os princípios da dignidade da vida humana, vive e experimenta pessoalmente ações comunitárias e pastorais da equidade entre homens e mulheres
ii. Temas-Áreas: Organizacional – Metodológicos, relações com outras instituições e incidência nas políticas públicas


Serviços
a. Serviço de comunicação
b. Temas de formação
c. Elementos de incidência e relações com a sociedade civil
d. Acompanhando das Cáritas Nacionais
e. Comunhão e articulação com o Celam



fonte: CNBB

Nenhum comentário:

Postar um comentário