Próximo Muticom será na cidade de Natal, em 2013 - Bem Vindo !

Próximo Muticom será na cidade de Natal, em 2013


Dom Orani faz balanço positivo do 7º Muticom
A cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, será a próxima sede do Mutirão Brasileiro de Comunicação (Muticom). Na cerimônia de encerramento do encontro, na noite desta sexta-feira, 22, o arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, entregou um Tablet, como símbolo do Muticom, ao padre Edilson Soares Nobre, assistente eclesiástico da Pascom da Arquidiocese de Natal. A oitava edição do evento já está marcada para o dia 27 de outubro de 2013.

Acesse
.: Fotos do encontro no Flickr
.: Vídeos da cobertura do Muticom

Momentos antes, em coletiva de imprensa, Dom Orani fez um balanço positivo do 7º Muticom, principalmente por notar o interesse dos participantes em querer ajudar a Igreja de alguma forma. "Há um outro público neste encontro. Nos primeiros mutirões, percebíamos pessoas muito críticas com a Igreja. Hoje os participantes se perguntam mais sobre 'o que eu posso fazer', 'como eu posso ajudar', ou ficam angustiados pelo que a Igreja ainda não está fazendo", destacou o arcebispo, que ressaltou a grande participação das pessoas nas Missas, durante o evento.

O número de pessoas envolvidas no Muticom chegou a 1237. Destes 540 participantes, 294 jornalistas, 162 estagiários, 124 expositores, 117 professores e conferencistas.

Outro aspecto positivo foi a transmissão de todas as conferências, ao vivo, pelo site do Muticom e da PUC-Rio. "Isso tornou possível que pessoas de todo o mundo pudessem participar dos acontecimentos. Foi uma democratização do 7º Muticom, que utilizou, pela primeira vez, a mídia para chegar mais longe", enfatizou Dom Orani.

Na coletiva foram divulgados os números - do site do Muticom - que comprovam a eficácia da iniciativa. Desde domingo - primeiro dia do evento - até às 15h desta sexta-feira, 4637 pessoas acompanharam as transmissões ao vivo, destes quase 3 mil eram visitantes únicos, e 50% entraram no site pela primeira vez. E não foram só brasileiros, foram contabilizados acessos da Itália, Portugal, Equador, Reino Unido, Argentina e Chile.

Nenhum comentário:

Postar um comentário