"Façam tudo o que Ele lhes mandar" (Jo 2,5) - Bem Vindo !

"Façam tudo o que Ele lhes mandar" (Jo 2,5)

Neste tempo quaresmal, caminhamos rumo a Páscoa da ressurreição! Mas esse trajeto também é de toda a nossa vida. Por isso, a reflexão sobre a presença mariana em nossa vida. Esta jornada se fará mais segura se formos de mãos dadas a Maria. Na III Jornada Mundial da Juventude, o Beato João Paulo II ofereceu como tema de reflexão o episódio das Bodas de Canaã, onde se realiza, por intermédio da mãe de Jesus, o primeiro milagre.
São tantas as lições que podemos tirar desse momento crucial da vida de Cristo, que é difícil destacar o elemento mais importante. Mas o Beato João Paulo II nos indica qual é seu desejo ao oferecer esse tema. Maria se apresenta como mãe, cujo coração transborda de amor, terno e sensível, e como uma Educadora que nos precede no caminho da fé, indicando-nos qual é o caminho da vida.
Com muita sabedoria, o Papa Beato João Paulo II entregou aos jovens o ícone de Nossa Senhora para percorrer, junto com a Cruz, os países onde se realizam as jornadas, como acontece agora no Brasil. Maria acompanha e anuncia Cristo seu Filho, Salvador do Mundo.
De fato, Santa Maria é a pedagoga da Fé. O pedagogo era o escravo grego responsável por conduzir a criança até a escola e ajudava na sua educação. Maria é quem nos conduz de maneira sublime ao grande Mestre, que é Cristo. Sua autoridade sobre o Salvador é de serviço e amor maternal. Cristo, diante dos clamores de sua mãe, diz sempre sim, mesmo que isto implique em mudar seus planos.
Maria sempre apontará para Cristo. Ela percebe nossas necessidades, vê que o vinho de nossa alegria está acabando e não busca dar soluções por si só, vai ao encontro de seu Filho para ajudar a outros. Pois ela sabe quem é o Filho.
"Façam tudo o que Ele lhes mandar" é o programa de vida de Maria, apóstola do sim eterno, que trouxe o Salvador. Num mundo que perde o sentido da vida, que não sabe de onde veio, não reconhece sua história e tradição, tornando-se órfão do passado.
Num mundo em que se vive de modo superficial as problemáticas que se apresentam e perde a esperança, pois descobre que ela não pode ser depositada apenas no homem.
Maria se apresenta como aquela que indica qual é nosso passado e qual deve ser nosso futuro. Viemos de Deus e a Ele voltaremos! Nosso presente deve ser cheio de alegria, esperança e amor. Cristo é o que dá sentido a nosso ser e a nosso existir. Ele é capaz de transformar tudo com suas palavras. De fato, a palavra de Cristo entra em nosso existir e nos transforma desde dentro, fazendo irromper uma nova luz, que ilumina o mundo.
Viver o presente com Maria é vivê-lo com Cristo! É deixar que o eterno se encarne no cotidiano. É elevar o ordinário de nosso viver ao extraordinário divino. Ela não opaca o Senhor, ao contrário, todo seu existir indica que é a Cristo que devemos recorrer.
Caminhar com Maria é caminhar na certeza de que Ela, como pedagoga do Amor, não permitirá que nos desanimemos. Ela garantirá nossa perseverança, pois nos conduz pela mão. Por isso, não há melhor promotora para a JMJ Rio 2013 que Maria. As pedras podem se calar, mas o coração de nossa Mãe sempre nos alertará que nossa vida é Cristo.
A jornada se constitui de três momentos importantíssimos. O antes, o durante e o depois. Todos eles devem estar centrados em Cristo. Os frutos de uma etapa dependem de como nos preparamos. Agora estamos no antes. Não deixemos de aproveitar esta oportunidade para abrir nossos corações, de tal modo que todas as graças que Deus deseja enviar possam encontrar um terreno fértil, para que no “depois” continuem ressoando com mais força a alegria e força do Evangelho.
Maria é a principal animadora de nossas Jornadas! Coloquemos nossos olhos nela e descubramos a presença de Cristo no nosso viver concreto. Que Maria, a pedagoga da Esperança, indique o que cada um pode fazer para viver com autenticidade o cristianismo.

 Dom Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)

Nenhum comentário:

Postar um comentário