Padre explica o que será a Santa Missa especial no Ano da Fé - Bem Vindo !

Padre explica o que será a Santa Missa especial no Ano da Fé

O Ano da Fé proclamado pelo Papa Bento XVI foi oficialmente apresentado no dia 21 de junho. Uma das ações anunciadas foi que a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos aprovou o formulário de uma Santa Missa especial pela Nova Evangelização.
Em sua intervenção sobre o Ano da Fé, o presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, Dom Rino Fisichella, disse que a iniciativa é um sinal para que, em especial neste Ano, a transmissão da fé aconteça na oração e na Eucaristia, que é a centralidade da vida cristã.

O padre Rivelino Nogueira, da diocese de Lorena (SP), esteve em Roma durante a apresentação do Ano da Fé. Ele explicou que a proposta do formulário para missa especial constitui uma peculiaridade para que seja abordada a temática do Ano.
“Este formulário vai ser uma Missa própria com a temática do Ano da Fé. São as orações presidenciais, prefácio, vigílias. Temos que aguardar a Congregação do Culto Divino apresentá-lo”, explicou.
O sacerdote lembrou que Bento XVI, na Carta Apostólica Porta Fidei, afirmou que a fé deve ser "professada, celebrada, vivida e pregada" para poder ser transmitida. “O melhor lugar para a transmissão da fé é uma comunidade nutrida e transformada pela vida litúrgica e pela oração”, disse.
E a fé está diretamente ligada à liturgia. Padre Rivelino destacou que a fé não é eficaz sem a liturgia e os sacramentos, porque esta ausência implica na falta da graça que sustenta o testemunho dos cristãos. Para ele, as celebrações e demais encontros são uma boa oportunidade para introduzir os fiéis no Ano da Fé.
“Aqui está o ponto alto para todos os sacerdotes aproveitarem bem o Ano da Fé, usando as celebrações, encontros, retiros, catequeses para trabalhar nas suas comunidades. Cada diocese, com o seu bispo diocesano, vai programar atividades, encontros, celebrações, a nível de diocese”, enfatizou.
Padre Rivelino lembrou ainda a importância de se redescobrir o mistério da Eucaristia, que é o grande centro da fé cristã. “O próprio Ano da Fé vai ajudar os fiéis a professarem mais a fé, assumirem com mais responsabilidade o seu Batismo, sua missionariedade, como discípulos, missionários e evangelizadores, é esta a preocupação do Santo Padre”, finalizou. 

Fonte: Canção Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário