Jornada Mundial da Juventude no Rio contará com a presença do Santo Padre, afirma Dom Orani


Logo após o anúncio da renúncia de Papa Bento XVI ao ministério petrino na manhã desta segunda-feira, 11 de fevereiro, no Vaticano, o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, diocese anfitriã da próxima Jornada Mundial da Juventude, garantiu a presença do Papa no evento. Através de nota oficial o Comitê Organizador Local da JMJ Rio 2013 também confirmou que seus trabalhos seguem normalmente.

Na entrevista oferecida hoje em uma paróquia da Arquidiocese Dom Orani partilhou: “Nós tivemos várias vezes com o Santo Padre e quando falávamos sobre a Jornada Mundial da Juventude para o ano de 2015 ele nos dizia que estaria muito longe, distante, e o Papa já estaria muito idoso. Quando fechamos a data para o ano de 2013 Bento XVI disse: “o Papa irá a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Eu ou o meu sucessor.

Isso já ocorreu quando a JMJ foi realizada em 2005 em Colônia, Alemanha, quando o Papa João Paulo II a convocou, mas quem participou e a conduziu foi Bento XVI.

“Reafirmamos que o nosso trabalho continua e que a Jornada será realizada. Neste momento convido a todos a rezarem pelo Papa que tomou uma atitude muito corajosa”, afirmou Dom Orani.

O Arcebispo do Rio falou também sobre a vinda do sucessor de Bento XVI durante a JMJ Rio2013 destacando que o Rio de Janeiro poderá ser uma das primeiras cidades visitadas pelo novo Pontífice, assinala a matéria da página oficial da Arquidiocese carioca.

“Sem dúvida o tempo é curto, pois além de um líder religioso o Papa é um chefe de Estado, mas creio que vai depender de quem for eleito e não podemos adiantar nada. É costume é que o Papa continue a rotina do antecessor pelo menos é o que nós vemos sempre e caso isso aconteça seremos uma das primeiras cidades que o novo pontífice irá visitar”, destacou Dom Orani.

“O Papa Bento XVI continuará levando sua missão de outra maneira e a Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro agradece a Deus pela sua vida, pelo seu trabalho e pela sua missão, e reza também pelo seu sucessor”, ressaltou o Arcebispo.

Diante do anúncio do Santo Padre sobre renúncia ao papado, o Comitê Organizador Local da JMJ Rio2013 esclarece que continua seu trabalho. A Jornada vai acontecer em julho com a vinda do Papa ao Rio de Janeiro. Aguardamos todo o processo de eleição do novo Sumo Pontífice. Seguimos, em oração e com empenho, a organização do evento.

Por sua parte, a jornalista Maristella Ciarrocchi, que vem cobrindo as 5 últimas edições do encontro mundial de jovens com o Sucessor de Pedro e é voluntária da JMJ que ocorrerá no Brasil, afirmou a ACI Digital que o anúncio não deverá gerar desânimo nos jovens peregrinos, mas entusiasmo. "Acredito que o fato de ver um pontífice recém eleito será uma grande motivação para que muitos jovens venham ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude", assinalou.

O evento ocorre na capital carioca entre os dias 23 e 28 de julho deste ano.  

fonte: ACI Digital
Share on Google Plus

Sobre o Setor de Comunicação