Bispos reunidos no Sínodo defendem direito dos pais de escolher a educação dos seus filhos

Os bispos reunidos no Sínodo da Família defenderam na última sexta-feira o direito dos pais a escolherem o programa educativo mais adequado para seus filhos, informou a Santa Sé durante a conferência de imprensa por ocasião da Oitava Congregação Geral realizada na tarde da quinta-feira, 09 de outubro.
As exposições tiveram como marco os temas estipulados no Instrumentum Laboris: "A Igreja e a família diante do desafio educativo. O desafio educativo em geral / A educação cristã em situações familiares difíceis".
Assim, durante a hora de debate livre “falou-se da importância da relação entre a família e a educação das crianças, com particular referência ao direito dos pais a escolher o programa educativo mais adequado para que seus filhos possam receber uma educação de qualidade”.
Além disso, recordou o papel das universidades católicas e a lealdade que devem ter à família.
Do mesmo modo, os bispos expressaram sua preocupação pelas consequências psicológicas que o divórcio tem nos filhos. “Neste contexto, destacou-se que frequentemente uma adequada pastoral das crianças  faz que seus pais se aproximem de novo à Igreja”.

Fonte: ACIdigital
Share on Google Plus

Sobre o Setor de Comunicação