Capela de São José - Sitio Cacimbinha - Bem Vindo !

Capela de São José - Sitio Cacimbinha



A capela de são José localiza-se na comunidade de cacimbinha, zona rural de Rafael Godeiro, tendo sido construído no mês de junho de 1981, por intermédio do termo de doação do terreno, concedido pela Sra. Maria José da Conceição, matriarca da família “Lino”.
A capela atual mede 4,5 m de largura por 10 m de comprimento, uma vez que a área total do terreno mede 24 m de frente, por 34 m de fundo.
A primeira construção da capela, descrita com paredes de alvenaria e coberta com telha comum, cujo o tamanho, resumia-se aproximadamente na metade do tamanho atual, onde a porta de entrada era voltada no sentido do pôr do sol.
Nos anos 90, foi aumentada para os padrões atuais, e desse período até o presente, já ocorreram várias reformas, sendo que a penúltima reforma foi possível colocarmos forro de jesso e, ultimamente agora em janeiro foi colocado o piso de cerâmica e lâmpadas (luminárias).  
 O templo sagrado foi erguido diante de muitas dificuldades, mas com o empenho dos comunitários e demais colaboradores, adquiriu-se donativos, organizou-se leilões entre outras formas de recursos, em prol da construção desse patrimônio sagrado.
É inegável as extraordinárias contribuições humanamente cristã do Sr. Francisco Delmiro de Oliveira, o popular seu “Chicó”, pelo qual obteve uma graça e teve como incumbência, adquirir a imagem de São José, tornando-se o nosso Padroeiro. Outra irmã, pela qual muito se empenhou, organizou e divulgou a mensagem sobre as obras da catequese, foi a inesquecível Dona Josefa Teodoro de Paiva, a primeira e mais antiga missionária dessa comunidade, como também foi a primeira presidente do apostolado da oração de Rafael Godeiro/RN.
Hoje, a nossa capela é marcada tanto pelo sinal da espiritualidade e da coletividade harmoniosa entre os seus fiéis, quanto pelo testemunho do fervor missionário, principalmente entre as décadas de 80/90, época na qual havia vários movimentos religiosos, como por exemplo, o grupo de jovens local; grupos de animações; o culto dominical e o terço dominical: grupo de preparação sacramental, onde naquela ocasião, foi realizados, batismos, primeira eucaristia, confissões e matrimônios.
Atualmente celebra-se a Campanha da Fraternidade, promovendo encontros e visitas familiares.
Em 1991 surgiu no Brasil, a campanha Um Bilhão de Terços para Nossa Senhora, que inclusive aceitamos e passamos recitar o santo terço dominical.
No dia 9 de setembro de 2007, implantamos o Terço dos Homens da Mãe Rainha, com a participação constante de pelo menos seis homens, que se encontram sempre aos domingos, a partir das 19hs, para recitar os santos mistérios em louvor a trindade santa. Nesse mesmo ano (2007), implantamos o dízimo, de forma espontânea, contando com 11dizimistas, que inclusive existe uma conta bancaria em nome do tesoureiro do Terço dos Homens da Mãe Rainha, o Sr. Márcio Hélio, sendo que o coordenador do Terço é o Sr. Francisco Evangelista da Silva.
Mensalmente celebra-se uma missa na comunidade, com a participação em média de 20 fiéis, com exceção das demais que são celebradas durante o ano.
A comunidade católica se empenha nas festividades do padroeiro São José, com o novenário de 10 a 19 do mês de março, onde na ocasião dos eventos, a renda e as contribuições são destinadas para as reformas da capela.
A capela de São José é reconhecida oficialmente pela Diocese de Santa Luzia de Mossoró, onde em meados dos anos 80, durante uma passagem por Rafael Godeiro, o saudoso Bispo Diocesano Dom José Freire fez uma breve visita a Igreja, reafirmando o seu reconhecimento.
A capela consta com o livro de tombo; o livro de intenções; o livro do santo terço e a Bíblia Sagrada, como também, bancos, cadeiras, sino, ventiladores, as imagens de São José; Santo Antônio; Nossa Sra. da Conceição; nossa Senhora dos Impossíveis,  a Cruz de Cristo e o Altar de São José.
Portanto, é com esse espírito fraterno dos fiéis comunitários, operários e devotos do patriarca Sr. São José, nosso Santo Padroeiro, que permanecemos firmes e fortes diante da propagação da fé cristã, como sendo um testemunho e uma missão nossa, disseminar os valores ético, moral, social e cristão, reanimados pelas graças e pelos dons do Espírito Santo, na eterna esperança de sermos povo e igreja a caminharmos com Cristo.